Take a Break!

 
Tech Watch
Through the Fence
Beach Walk
Passadeira
Waiting
Clifftop Yoga
Young Author
Com vista para a Névoa
Comforting
Businessmen with Umbrellas
Looking Out the Car Window
Outdoors in Autumn
Modern Style Dancer
Body Measurements
Yoga at Home

Resumo

O Programa Take a Break é uma ferramenta dirigida às empresas, enquanto entidades empregadoras, no âmbito da gestão do stress laboral dos seus colaboradores.

 

O programa é dinamizado por profissionais de saúde creditados, com pequenos grupos de colaboradores. A atividade decorre, privilegiadamente, nas instalações da entidade empregadora, onde a equipa técnica se desloca com todos os recursos necessários para desenvolver as sessões de grupo. 

Objetivos

O programa visa ser parte integrante do conjunto de respostas para a promoção do sucesso laboral, produtividade, saúde e desenvolvimento pessoal dos colaboradores, proporcionado pela entidade empregadora.

 

Os objetivos específicos incluem melhorias na resposta adaptativa a agentes stressores; promoção da autorregulação e autoconhecimento; e melhoria nas relações interpessoais.

 

Porquê?

Devido aos atuais contextos laborais exigentes e competitivos, os colaboradores trabalham mais horas, há uma maior sobrecarga e exige-se cada vez mais dos indivíduos a nível psicológico e emocional. É esperado que os colaboradores sejam resistentes a elevados níveis de stress, que saibam lidar com a pressão e que sejam competentes.

 

No entanto, nem sempre as crescentes exigências do contexto laboral são sinónimo de satisfação e saúde para os indivíduos. O stress ocupacional (ou stress no trabalho) é considerado uma epidemia global que causa disfunções consideráveis e elevados custos, tanto para o indivíduo como para as empresas.

Vários estudos demostram que os programas de gestão de stress melhoram a saúde física e psíquica dos profissionais e reduzem os custos das empresas, através do aumento da produtividade dos seus colaboradores.

 

O conhecimento técnico e científico, que existe atualmente sobre a promoção da produtividade, reitera a importância da satisfação das necessidades de apoio de cada colaborador.

Neste sentido, o programa enquadra-se num dos objetivos prosseguidos pelas entidades empregadoras da atualidade: privilegiar, proporcionar e organizar respostas diferenciadas, individualizadas e flexíveis, numa lógica de materialização deste conhecimento.

 

A aplicação deste tipo de programas podem trazer benefícios como:

  • Redução do absentismo

  • Diminuição da taxa de rotatividade

  • Melhoria no desempenho organizacional

  • Diminuição dos custos referentes à saúde dos colaboradores

  • Redução de outros custos indiretos devido a:

    • aumento da motivação para o trabalho e tarefas a desenvolver

    • aumento da satisfação pessoal e profissional

    • promoção e preservação das relações interpessoais no contexto laboral

    • prevenção de eventuais falhas de comunicação

    • otimização dos processos de tomada de decisão

 

Dra. Maria Melo

Profissionais

Mestre em Reabilitação Psicomotora pela Faculdade de Motricidade Humana, com especialização em Saúde Mental. Pós-graduada em Neuropsicologia Clínica.

 

Exerceu intervenção psicomotora em contexto hospitalar em várias valências do serviço de psiquiatria e saúde mental de adultos, bem como em contexto privado. Redigiu e publicou vários artigos dentro da temática da saúde mental.

12 Sessões

Estrutura

Duração de 12 sessões

Pequenos grupos

 Duração média de 1h30m

Frequência semanal

Todos os recursos necessários humanos e materiais para o decorrer do programa são disponibilizados pelos promotores do projeto.

Da entidade empregadora, apenas é necessária a disponibilização de uma sala grande e com fácil manipulação.

Nós

Equipa QInesis

A equipa QInesis

(entidade promotora do programa)

é composta por elementos especialistas em diversas áreas de atuação, que trabalham em conjunto e se complementam mutuamente, atingindo uma maior eficácia na promoção da saúde e educação.

 

Inclui profissionais da área da Psicologia Clínica,

Psicologia Educacional,

Terapia da Fala e

Psicomotricidade

Metodologia:

As intervenções para a gestão do stress podem ser classificadas, segundo o foco:​​

Estudos apontam que as intervenções em gestão do stress mais eficazes são as de foco secundário.

O presente programa é de cariz secundário

e assenta nas metodologias típicas de

intervenção psicomotora em Saúde Mental de adultos.

Intervenção Primária:

Objetivo: diminuir os estímulos causadores de stress no local de trabalho

Intervenção Secundária:

Objetivo: aumentar a resiliência dos indivíduos

É a mais utilizada na gestão de stress ocupacional

Intervenção Terciária:

Objetivo: controlo ou tratamento de sintomas ou doenças

 

Psicomotricidade

A psicomotricidade é uma intervenção por mediação corporal e expressiva cuja importância reside na organização das sensações, perceções e cognições, visando a sua utilização em respostas adaptativas.

 

O psiquismo e a motricidade são considerados uma unidade, onde o corpo não é encarado apenas como um dado biológico, mas antes como um espaço psíquico, que manifesta a história pessoal de cada um, os seus modos de integração e as suas modalidades de ação. 

Contacte-nos

  Notícias :: Dúvidas :: Consultas :: Serviços

+351 914 489129

  • White Facebook Icon

Encontre-nos do Facebook